Saiu na IDGNOW do último dia 29/05/2009:

Netbooks causam prejuízo à MicrosoftOs netbooks – lapotps ultraportáteis, voltados para navegar pela web, checar e-mails e outras tarefas – estão fazendo com que a Microsoft fature menos com o sistema operacional Windows. Por isso mesmo, não é do interesse da companhia “vender muitos desses portáteis”, disse Stephen Baker, analista do NPD Group, empresa de pesquisa de mercado especializada em vendas no varejo.

“Eles (a Microsoft) amam os netbooks, contanto que eles sejam laptops secundários”, disse. Uma das explicações é que, apesar de os netbooks terem mantido a demanda por computadores em alta nos últimos trimestres, esses equipamentos também usam versões mais simples – e baratas – do sistema operacional. A maioria dos netbooks à venda hoje sai de fábrica com o Windows XP Home, pois não têm capacidade de rodar o Vista, por exemplo.

De acordo com o site TechARP.com, a companhia preparou versões específicas – e com menos recursos – do Windows 7, voltadas especialmente para os netbooks, que segundo a Microsoft são computadores com processadores de velocidade inferior a 2 GHz e 1 GB de memória RAM. Com isso, quem precisar de outras funções terá que comprar um computador “completo” e com uma versão “premium” (e mais cara) do Windows 7.

No mês passado, a companhia reconheceu que a receita da divisão Windows no primeiro trimestre deste ano despencou 16% em relação ao mesmo período do ano passado. Apenas as vendas das versões “premium” do sistema operacional registraram queda de 14 pontos percentuais na comparação ano a ano.

Gregg Keizer, editor do Computerworld, em Framingham

Alguns comentários sobre a matéria:

1) A Microsoft tem errado em suas estratégias comerciais e parece que vai errar novamente.  O uso de Netbooks tem crescido tanto que até usuários “hards” tem se rendido a praticidade da “maquininha”. Ter uma versão mais barata – ou menos cara – do Windows 7 para Netbooks pode ser um tiro no pé.

2) Hoje a maioria dos Netbooks tem saído com Linux. Fora os servidores, esse é o filão em que o Linux mais cresce. A Canonical fez até uma versão do Ubuntu (melhor distribuição Linux para usuários finais) para netbooks mais simples, e roda o programa completo nos netbooks com hd. A estratégia não é ter um sistema mais reduzido, mas sim um sistema com interface adaptada à tela de 7pol.

3) A tendência é que, em um curto espaço de tempo, os Netbooks tenham a mesma capacidade de muitos notebooks básicos de hoje. Pelos testes que fiz com Windows 7, uma máquina com 1gb de memória e Celeron, roda o sistema sem traumas. Será que é realmente necessário uma versão mais simples do sistema?

4) “Quem muito quer, nada tem!” Já é difícil a Microsoft acertar um sistema estável, apesar de parecer estar no caminho com o Windows 7, não seria melhor investir em apenas uma versão do sistema, estável e completa, do que ter várias versões do mesmo sistema, dependendo do “bolso do usuário”?

São “perguntas que não querem calar”…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s